AVENTURA: ATÉ O URUGUAI DE AGRALE

Hits: 20

Sinto um sabor muito especial ao publicar essa aventura, cerca de 11 ou 12 anos depois do Cícero Lima ter publicado minha primeira aventura na revista Duas Rodas, agora é minha vez de retribuir a gentileza e publicar a aventura dele no site Motos Clássicas 80!

Arquivo%2BEscaneado%2B17 - AVENTURA: ATÉ O URUGUAI DE AGRALE

E que aventura!  De tirar o fôlego! Aventura nos moldes antigos, no melhor estilo “sem lenço e sem documento” Cícero demonstra claramente que, não importa a moto, nem tão pouco o destino e muito menos dinheiro no bolso, o importante pra quem quer se aventurar de moto por ai, é o verdadeiro ESPIRITO DA AVENTURA!

Pra nós, que curtimos as motos antigas, ler historias envolvendo-as sempre é agradável. Nessa narrativa podemos acompanhar, passo a passo, a aventura de levar uma moto que foi sempre conhecida por sua fragilidade mecânica a destinos interessantes, e distantes!

Arquivo%2BEscaneado%2B18 - AVENTURA: ATÉ O URUGUAI DE AGRALE
Arquivo%2BEscaneado%2B20 - AVENTURA: ATÉ O URUGUAI DE AGRALE
Para entrar em contato com o Cícero: cicero.lima@motosclassicas80.com.br
Curtiu essa? Então veja outras aventuras que publicamos em nossa seção aventuras.

7 thoughts on “AVENTURA: ATÉ O URUGUAI DE AGRALE

  • Lembro dessa ótima reportage.
    É o de sempre: qualquer moto aguenta, basta respeitar seus limites, como pude saber agora à pouco tempo de um argentino que foi duas vezes de São Carlos(SP) até Buenos Aires rever os pais com uma Crypton 99, mais de 4.000 kms ida e volta. Cada foto sensacional.
    O cara agora já se formou e voltou para a Argentina.

    Resposta
  • Lembro dessa ótima reportage.
    É o de sempre: qualquer moto aguenta, basta respeitar seus limites, como pude saber agora à pouco tempo de um argentino que foi duas vezes de São Carlos(SP) até Buenos Aires rever os pais com uma Crypton 99, mais de 4.000 kms ida e volta. Cada foto sensacional.
    O cara agora já se formou e voltou para a Argentina.

    Resposta
  • Lembro dessa ótima reportage.
    É o de sempre: qualquer moto aguenta, basta respeitar seus limites, como pude saber agora à pouco tempo de um argentino que foi duas vezes de São Carlos(SP) até Buenos Aires rever os pais com uma Crypton 99, mais de 4.000 kms ida e volta. Cada foto sensacional.
    O cara agora já se formou e voltou para a Argentina.

    Resposta
  • Lembro dessa ótima reportage.
    É o de sempre: qualquer moto aguenta, basta respeitar seus limites, como pude saber agora à pouco tempo de um argentino que foi duas vezes de São Carlos(SP) até Buenos Aires rever os pais com uma Crypton 99, mais de 4.000 kms ida e volta. Cada foto sensacional.
    O cara agora já se formou e voltou para a Argentina.

    Resposta
  • tem também aqueles dois que foram de Agrale SXT/Elefant 16.5…e depois foram com 2 RD 350 ….. vc deve ter as revistas ai Diego…
    Formidável… embalou muitos sonhos qdo era mais novo…

    Resposta
  • tem também aqueles dois que foram de Agrale SXT/Elefant 16.5…e depois foram com 2 RD 350 ….. vc deve ter as revistas ai Diego…
    Formidável… embalou muitos sonhos qdo era mais novo…

    Resposta
  • tem também aqueles dois que foram de Agrale SXT/Elefant 16.5…e depois foram com 2 RD 350 ….. vc deve ter as revistas ai Diego…
    Formidável… embalou muitos sonhos qdo era mais novo…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *