ARQUIVO: XL300 MUGEN

Hits: 11

Mugen Motorsports (M-TEC Co., Ltd) (無限) é uma empresa Japonesa formada em 1973 por Hirotoshi Honda, filho do fundador da Honda Motor Company Soichiro Honda, em sociedade com Masao Kimura. Mugen, cuja tradução é “sem limite”, é uma preparadora de motores e fabricante de peças associada à Honda Motor Company. Apesar da ligação familiar no entanto, a Mugen não é, nem nunca foi, propriedade da Honda, apesar de ambas terem durante algum tempo como principal acionista a mesma pessoa, após a morte de Soichiro Honda em 1991.
A empresa prepara os veículos da Honda no campeonato Super GT e, além disso, vende peças para outros preparadores e consumidores finais. A parceria com a fabricante a levou ao título do campeonato de Formula 3000 em 1990 e 1991, e culminou com a ida da Mugen à Formula 1, na qual forneceu motores entre os anos de 1992 e 1999. – fonte: wikipedia
Arquivo+Escaneado+10 - ARQUIVO: XL300 MUGEN…E nós, aqui no Brasil, tivemos a felicidade de ter acesso ao kit de transformação da XL250R em 300cc já em 1984, através da revenda Honda “Projeto H”. O kit era simplesmente fantástico e era a coqueluche na época pelos praticantes de enduro.
A edição 12 da revista Motoshow, de fevereiro de 1984 nos trás uma avaliação com uma XL250R transformada em uma moto de enduro (inspirada na XR250R?!?) e, alem das transformações estéticas e funcionais, recebeu o poderoso kit mugen!
O desempenho é impressionante, pois, mesmo recebendo um pinhão de 13 dentes (1 dente menor que a XL250R original), essa moto superava a velocidade máxima da XL250R – atingindo 136km/h.

Arquivo+Escaneado+9 - ARQUIVO: XL300 MUGEN
Arquivo+Escaneado+11 - ARQUIVO: XL300 MUGEN
Arquivo+Escaneado+12 - ARQUIVO: XL300 MUGEN
Arquivo+Escaneado+13 - ARQUIVO: XL300 MUGEN
Arquivo+Escaneado+14 - ARQUIVO: XL300 MUGEN
Gostou dessa avaliação?  conheça outras matérias antigas que escaneamos e publicamos na seção arquivo.

12 thoughts on “ARQUIVO: XL300 MUGEN

  • Adorei a pagina essas matérias sobre essas motos antigas são maravilhosas.

    Resposta
  • Adorei a pagina essas matérias sobre essas motos antigas são maravilhosas.

    Resposta
  • Adorei a pagina essas matérias sobre essas motos antigas são maravilhosas.

    Resposta
  • Neste trabalho de divulgação, curador e paixão pelas motos clássicas, o Diego se superou e nos mostra um caminho que somente pode ser compreendido pelos que tem não apenas o dindin para adquirir uma maravilha destas mas, corre o sangue do motociclismo pelas veias!
    Abs, Fernando L.

    Resposta
  • Neste trabalho de divulgação, curador e paixão pelas motos clássicas, o Diego se superou e nos mostra um caminho que somente pode ser compreendido pelos que tem não apenas o dindin para adquirir uma maravilha destas mas, corre o sangue do motociclismo pelas veias!
    Abs, Fernando L.

    Resposta
  • Neste trabalho de divulgação, curador e paixão pelas motos clássicas, o Diego se superou e nos mostra um caminho que somente pode ser compreendido pelos que tem não apenas o dindin para adquirir uma maravilha destas mas, corre o sangue do motociclismo pelas veias!
    Abs, Fernando L.

    Resposta
  • obrigado pelas palavras! temos um longo caminho ainda a percorrer…. o importante é mostrar sempre o lado bom da moto e do motociclismo! da pilotagem segura, da manutenção sem gambiarra, de manter-se um olho no retrovisor da historia, da irmandade, das amizades que a moto traz…. pois o outro lado a mídia tradicional mostra direitinho… abraço!

    Resposta
  • obrigado pelas palavras! temos um longo caminho ainda a percorrer…. o importante é mostrar sempre o lado bom da moto e do motociclismo! da pilotagem segura, da manutenção sem gambiarra, de manter-se um olho no retrovisor da historia, da irmandade, das amizades que a moto traz…. pois o outro lado a mídia tradicional mostra direitinho… abraço!

    Resposta
  • obrigado pelas palavras! temos um longo caminho ainda a percorrer…. o importante é mostrar sempre o lado bom da moto e do motociclismo! da pilotagem segura, da manutenção sem gambiarra, de manter-se um olho no retrovisor da historia, da irmandade, das amizades que a moto traz…. pois o outro lado a mídia tradicional mostra direitinho… abraço!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *