Visitamos o Museu da Honda em Motegi no Japão.

Hits: 204

DSCN4789 300x169 1 - Visitamos o Museu da Honda em Motegi no Japão.
Tudo o que um fã queria ver de perto, o McLaren ao lado do Lotus usados pelo brasileiro Ayrton Senna

Um verdadeiro templo para quem ama motos, carros, engenharia e competição

Hoje fotografamos muito e olhamos pouco! Lembra quando os filmes de 36 poses eram caros, demoravam para ser revelados e gente ficava torcendo para que alguma foto ficasse legal? Esse tempo passou e hoje podemos fazer centenas de fotos e vídeos com as máquinas, elas são tantas que por vezes até esquecemos… Pois bem, hoje pela manhã fiz um achado maravilhoso nos meus arquivos digitais e gostaria de dividir com os amigos do MotoClassicas80. Senta que lá vem história e vem do Japão…

DSCN4601 1 169x300 1 - Visitamos o Museu da Honda em Motegi no Japão.
Experimentei veículos muito avançados nas instalações da Honda, como esse monociclo controlado por um joystick

Em novembro de 2011 fui convidado pela Honda para uma visita ao Japão. Nossa, que honra, que viagem maravilhosa.
Partimos de Guarulhos. Ainda lembro do enorme Boeing 747 que nos levou até a Frankfurt, na Alemanha. Na cidade alemã trocamos de aeronave e embarcamos no imponente Airbus A 380 para cruzar meio mundo até o aeroporto de Narita, em Tóquio.

Café, chá ou chocolate?

Nossa missão era o departamento de design e engenharia onde são planejados as novas motos, carros e outros produtos da marca. Depois visitar os laboratórios e conhecer pessoalmente o robô ASIMO. Vou dizer uma coisa, olhar aquele robô me deixou até com medo da capacidade dos japoneses. Prá começar, quando chegamos ao laboratório, fomos recepcionados por ele. Estávamos em cinco pessoas e o ASIMO chegou perto e perguntou o que gostaríamos de beber: café, chá ou chocolate.
Nós respondemos, ele olhou para o rosto de cada pessoa e associou a voz e a imagem do rosto com a bebida escolhida.

DSCN4675 3 169x300 1 - Visitamos o Museu da Honda em Motegi no Japão.

Emitindo um zumbido metálico, deu um passo para trás, abriu as garrafas e despejou as bebidas dos respectivos copos. Com passos curtos, como se fosse uma criança, trouxe um copo para cada um. Eu peguei meu chá das mãos daquele robô e achei incrível como ele conseguia segurar um copo de isopor sem amassá-lo. Como calculava a pressão nos dedos?
Fomos avisados que mais tarde veríamos uma seção especial, com várias performances do ASIMO, como chutar uma bola e pular numa perna só… Pode parecer simples, mas pular numa perna só exige muito equilíbrio.
Segurar um copo, abrir uma garrafa e pular numa perna só… Fazemos isso automaticamente, mas para isso usamos nosso cérebro que cuida do equilíbrio do nosso corpo e dispara pequenos choques elétricos. Os “mini choques” ativam o potássio que contraem os músculos. Tal contração permite movimentar os membros – como se fossem os braços de uma máquina hidráulica como um guindaste ou trator. Fazemos isso sem perceber enquanto o cerebelo cuida de manter o corpo equilibrado e manter a pressão necessária para segurar um copo ou levantar um peso…
Enquanto eu tomava o chá, pensava:
— Prá quê serve esse robô? A resposta viria depois…

Além do Asimo


Lá tive a chance de andar num monociclo  – uma espécie de cadeira com uma roda só que se equilibrava como um passe de mágica. Isso foi uma das coisas mais doidas que já pilotei na vida. Pena que não era permitido filmar, apenas fotografar.
Depois fomos pilotar algumas motos no autódromo de Suzuka. Entre elas conheci a CRF 250 L que chegou ao Brasil alguns anos depois. Também acelerei o Integra 700 – um misto de scooter e moto que usava o motor da NC 700, esse nunca chegou por aqui.
Mas o melhor da viagem estava por vir… Iria conhecer o Museu da Honda, a meca dos amantes das motos, dos carros e fãs do Ayrton Senna.
Aqui mora a emoção
Motos, motos, motos, carros, carros, motores, paixão, lembranças… Entrar no museu foi uma das coisas mais legais que vivi.
Todos os veículos mais importantes da história da marca estão lá, inclusive as bicicletas motorizadas de deram inicio a concretização dos sonhos do visionário Soichiro Honda e seu amigo (sócio) Takeo Fujisawa, responsável pela gestão da empresa.
Não vou descrever os veículos ou o museu, mas gostaria de dividir com os amigos as lembranças digitais que encontrei. Faz quase uma década que embarquei nessa viagem e ainda me emociono com as lembranças. O mais legal foi encontrar um vídeo que fiz para o meu amigo Diego, e nós nem pensávamos em criar o blog Motosclassicas80…

DSCN4485 300x169 1 - Visitamos o Museu da Honda em Motegi no Japão.
Os jornalistas e a equipe Honda do Brasil fazem pose com o incrível ASIMO, imagem inesquecível guardada nos arquivos digitais

faça uma visita virtual ao Museu da Honda do Japão https://www.honda.com/collection-hall-gallery

One thought on “Visitamos o Museu da Honda em Motegi no Japão.

  • Muito legal passar um dia num museu desse. Não deu para trazer a moto do MM93?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *