ARQUIVO: O DUELO DO SÉCULO!

Compartilhe este conteúdo

O duelo travado entre a Viúva Negra e a 7Galo (Yamaha RD350R e Honda CBX750F) foi sem duvida o maior não apenas da década de 80, mas do século XX, e não apenas no Brasil, mas todo o planeta assistiu a essa disputa (na década anterior com a CB750F x RD350). Com conceitos técnicos completamente adversos e desempenho similar esses nomes fizeram brilhar os olhos e povoaram o sonho de algumas gerações! Os sons dessas maquinas chamaram atenção nas madrugadas, nas avenidas das grandes cidades. Elas representavam não apenas o duelo entre duas máquinas de duas rodas, mas entre dois complexos industriais gigantes japoneses que buscavam – e ainda buscam – a hegemonia.


Esta matéria, publicada na edição 147 da Revista Duas Rodas em 1987, fala da arrancada – a principal brincadeira nas ruas naqueles tempos (os famosos rachas de semáforo) – a qual, ao invés de transcrever aqui, preferi colar, deixando a disposição para quem preferir baixa-las em seus PCs ou Tablets e ler mais tarde, ou guardar de recordação.

Pena que o cheiro, nem o de óleo 2 tempos, nem o de papel guardado acompanhem as imagens!

Antes de querer saber qual delas efetivamente arrancava melhor, entenda:  isso é o que menos importa!

Boa leitura – boa diversão!


blank
blank
blank
blank

Compartilhe este conteúdo

3 thoughts on “ARQUIVO: O DUELO DO SÉCULO!

  • blank

    O piloto da RD deveria estar meio fora de forma, por assim dizer, pois a CBX só pega a 350 quando esta já deu o que tinha que dar, ou seja, na máxima.
    Para relembrar da década passada, a RD e CBF eram mesmo o pega-pra-capá, mas quem deixava as duas comendo poeira era a Suzuki GT 380(lembram?). Mas foi ótimo relembrar.

    Resposta
  • blank

    O piloto da RD deveria estar meio fora de forma, por assim dizer, pois a CBX só pega a 350 quando esta já deu o que tinha que dar, ou seja, na máxima.
    Para relembrar da década passada, a RD e CBF eram mesmo o pega-pra-capá, mas quem deixava as duas comendo poeira era a Suzuki GT 380(lembram?). Mas foi ótimo relembrar.

    Resposta
  • blank

    O piloto da RD deveria estar meio fora de forma, por assim dizer, pois a CBX só pega a 350 quando esta já deu o que tinha que dar, ou seja, na máxima.
    Para relembrar da década passada, a RD e CBF eram mesmo o pega-pra-capá, mas quem deixava as duas comendo poeira era a Suzuki GT 380(lembram?). Mas foi ótimo relembrar.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *